Varejo: um organismo vivo!

Para você, o que é um organismo? Para a Biologia, um organismo é o conjunto de órgãos que constituem um ser vivo. Mas, no sentido figurado do meu texto, organismo é o conjunto de departamentos encarregados da gestão de um mercadinho, supermercado e/ou hipermercado.

De acordo com dados do Sebrae, as principais “causa mortis” das empresas no Brasil são a falta de planejamento e a falta de gestão empresarial. A falta de planejamento é o resultado da falta do levantamento de informações importantes sobre o mercado. Muitos empreendedores não sabem o número de clientes que tem ou até mesmo os hábitos de consumo deles para traçar ações estratégicas para o crescimento do negócio.

Já uma má gestão empresarial pode ser decorrente da falta de aperfeiçoamento de produtos e serviços, desatualização a respeito das novas tecnologias de um setor, ausência de inovação em processos e procedimentos e falta de investimentos em capacitação para a equipe.

Assim como na área da saúde, em muitas lojas, podemos identificar uma série de aspectos a serem melhorados ou até mesmo considerados “doentes”. Lojas sujas e empoeiradas, equipamentos enferrujados e ultrapassados, corredores obstruídos de produtos e equipamentos, falta de precificação, depósitos abarrotados de mercadorias, produtos vencidos, avariados, e baixa qualidade no atendimento.

E, como acontece com o nosso organismo, sem a prevenção e cuidado para não contrair doenças, podemos, também, comprometer a saúde de um negócio se não nos atentarmos aos detalhes. Para ter uma vida longa, precisamos estar saudáveis. Como ter uma vida longa e saudável sem cuidar da saúde?

Está cada vez mais difícil se manter no mercado sem gestão. Ainda segundo dados do Sebrae, 61% das pessoas não procuram ajuda de profissionais ou instituições para a abertura de um negócio; 55% não planeja como a empresa funcionaria em sua ausência e 55% não elaboram um plano estruturado de negócios.

Em suma: falta orientação profissional, administração menos centralizadora e falta planejamento. E você? Já procurou orientação sobre a saúde do seu varejo? Conhece seus pontos fortes e pontos a melhorar? Conhece seus números, o comportamento de seus clientes, seu mix ideal de produtos?

Podemos comparar a falta de gestão, que nada mais é que “achar” que pode administrar um negócio sem qualquer orientação, com um paciente sedentário que não pratica exercícios físicos e não busca orientação médica porque acredita que nunca terá problemas de saúde.

 Lembre-se: o varejo exige mais que comerciantes. EXIGE GESTORES.

Até breve!

Por | 2018-07-13T10:30:49+00:00 13 jul 2018|

Sobre o autor:

Diorger Macena
Diorger Macena é consultor de Varejo. Ele é formado em Gestão Financeira e pós-graduado em Gestão Comercial.

Deixar um comentário