A importância da assessoria de imprensa para as empresas

*Texto de Anne Caroline Bomfim – Jornalista

Oi, tudo bem?

Hoje eu vou abordar um tema relevante não apenas para mim, como jornalista, mas também para as organizações de uma maneira geral. Você sabe o que é uma assessoria de imprensa? Ela é a “menina dos olhos” das grandes empresas no Brasil e também no restante do mundo faz tempo. (Para aqueles que não sabem, ela surgiu nos Estados Unidos e teve o magnata John Rockfeller como um dos seus percussores).

Serviços_FOTO-DEPOIS-QUE-CLICACarinhosamente conhecida como “ascom” pelos profissionais da Comunicação, essa atividade consiste em fortalecer e divulgar a imagem de uma marca, produto ou serviço de uma pessoa física ou jurídica por meio dos veículos de comunicação (emissoras de TV, rádio, jornais, internet). O jornalista e produtor de conteúdo Gustavo Ellero afirma: “a assessoria é como buscar uma religião, no amor e na dor”. Eu concordo com isso.

Nesse contexto, ela estabelece um elo entre o assessorado, leia-se o cliente, e a mídia. Para que isso aconteça de maneira eficaz e definitiva, fazer com que a informação transite nos mais diversos canais com clareza é um dos principais requisitos. Essa responsabilidade recai tanto no profissional jornalista, que deve conhecer a fundo o seu cliente (histórico, concorrência, pontos fortes e fracos), quanto no próprio contratante. Costumo dizer que esse trabalho é um “casamento”, onde um não vive sem o outro, e a cooperação é fundamental nesse sentido.

Há muitos motivos para contratar um assessor de imprensa, a citar:

  • Gerenciamento de crises: diante de uma notícia ou evento negativo, o jornalista trabalha para que a imagem do seu assessorado não seja afetada. Essa atividade consiste no esclarecimento de informações ou até mesmo boatos para os repórteres das redações, emissão de notas ou até mesmo marcação de coletivas, em casos mais extremos;
  • Visibilidade/Mais clientes: o seu negócio estará frequentemente circulando nas mídias e mais pessoas se interessarão pelo seu produto. Quem não quer?
  • Fonte de confiança e credibilidade: se a sua empresa for de consultoria, por exemplo, o jornalista pode redigir uma matéria sobre algum assunto que esteja relacionado direta ou indiretamente ao negócio. A partir daí as pessoas vão enxergar a sua marca como autoridade, podendo procurá-la para dirimir dúvidas ou até mesmo contratar serviços.
  • Transparência/Comunicação: as pessoas precisam ter acesso às atividades relevantes que a sua empresa realiza, afinal, o cliente confia no que ele vê.

Como jornalista e especialista em Assessoria de Comunicação e Marketing, a minha dica para você, empresário, é essa: conheça mais a fundo o seu negócio e invista em seu crescimento, mas não se esqueça de ter uma visão holística sobre todas as variáveis que podem afetar positivamente e/ou negativamente a sua empresa. Uma delas é a Comunicação. Comunicar é tornar comum, é massificar. E isso pode ser muito bom para você. Pense nisso.

A Amarkante está com várias novidades nessa e em outras áreas para o ano de 2018. Continue acompanhando o nosso blog e redes sociais para não perder nenhuma informação 😉

Até a próxima!