Você indicaria a sua empresa para você mesmo?

*Texto de André Farias – Diretor

Eis o dilema da maioria (porque não dizer de todos) os empresários. A cada dia empresas se esforçam ao máximo para apresentar algo novo e decente aos seus clientes. Mas por falta de uma cultura empresarial o esforço dedicado a esta ferramenta torna-se absurdo. Algumas empresas desprendem de um desgaste gigante para chegar a algo que seria, até certo ponto, comum. E por que não mudar esta história?

excelencia-empresarialTemos o costume de seguir o que a maioria faz ou deixar de fazer. Buscamos sempre os atalhos ao invés de caminhos que solidifiquem nossa estrutura. Procuramos “jogar a poeira para baixo do tapete” e esquecemos de trocar esta alternativa pela faxina, que nos proporcionaria um novo olhar, uma nova visão de mundo. A mudança de uma cultura empresarial inicia-se na cabeça de cada empresário. O primeiro passo para a mudança é aceitar que podemos e queremos.

Hoje não existe mais alternativa. Ou você se supera a cada dia ou fica para trás. Vejo empresas serem engolidas pelas próprias falhas, pelo simples fato de não reconhecer, humildemente, seus limites ou necessidades de mudança. Mas para você que lê este texto agora há uma solução. Assim que concluir esta leitura faça uma reflexão de onde você veio, aonde chegou e como pretende chegar ao futuro.

Estabeleça metas claras e objetivas, que permitam esta mudança acontecer de forma gradual. Elimine a culpa dos erros e das falhas cometidas, mas busque a mudança contínua. Só assim você poderá responder a esta pergunta:

EU INDICARIA A MINHA EMPRESA PARA MIM MESMO?
Nós podemos te ajudar nesta resposta. Conte conosco! Um forte abraço!